Gentileza, gentileza e mais gentileza!

Hoje queremos contar um pouco sobre o dono da frase: "Gentileza gera gentileza". Chamado como Profeta Gentileza, ficou conhecido no Brasil por divulgar palavras de gentileza, amor e bondade nas ruas do Rio de Janeiro.

Com tinta verde, amarela, azul e branca, escreveu muitas palavras e frases gentis em 56 pilares do viaduto do Caju, no Rio de Janeiro. O interessante é que as palavras foram escritas a uma certa altura, suficiente para que as pessoas que chegassem de ônibus à cidade enxergassem as inscrições.

 Fonte: http://www.riocomgentileza.com.br/, acesso em 28/09/2013.

Fonte: http://www.riocomgentileza.com.br/, acesso em 28/09/2013.

Passados alguns anos, esta pintura foi se deteriorando e, ao invés de ser recuperada, foi apagada com tinta cinza.

No ano 2000, um acordo entre a Prefeitura do Rio de Janeiro e parte da população, foi criado o projeto "Rio com Gentileza", o qual resultou na restauração desta arte urbana, que hoje é considerada Patrimônio Urbano da Cidade do Rio de Janeiro.

É possível entender um pouco da história de Gentileza e a relação deste poeta com a cidade assistindo ao Clipe da cantora Marisa Monte, que leva o mesmo nome do Profeta: Gentileza (clique aqui)

Gentileza (Marisa Monte)


"Apagaram tudo
pintaram tudo de cinza
a palavra no muro ficou coberta de tinta
apagaram tudo
pintaram tudo de cinza
só ficou no muro tristeza e tinta fresca
nós que passamos apressados
pelas ruas da cidade
merecemos ler as letras e as palavras de gentileza
por isso eu pergunto a você no mundo
se é mais inteligente o livro ou a sabedoria
o mundo é uma escola
a vida é um circo
amor palavra que liberta
já dizia um profeta
apagaram tudo
pintaram tudo de cinza
só ficou no muro tristeza e tinta fresca
por isso eu pergunto a você no mundo
se é mais inteligente o livro ou a sabedoria
o mundo é uma escola
a vida é um circo
amor palavra que liberta
já dizia um profeta"

Lembre-se sempre: Gentileza gera gentileza!

Obrigada pelo acesso e até o próximo post!